Presidente LincolnA 6 de Novembro de 1960, Abraham Lincoln tornava-se o 16º Presidente dos Estados Unidos da América. A sua eleição, para sempre mudaria a história do país.

Nascido em 12 de Fevereiro de 1809, no Kentucky, Lincoln interessou-se cedo pelo serviço público, tendo servido no Exércio, até à patente de Capitão. Mais tarde, concorre ao mandato de Deputado à Assembleia Estudual do Illinois, sendo eleito em 1847.

Lincoln fazia parte do Partido Republicano que, apesar de hoje em dia alinhar-se enquanto um partido conservador de Direita, era uma força política considerava progressista e reformadora, focada nas causas sociais.

A sua eleição para a Presidência dos Estados Unidos gerou algum descontentamento nos territórios mais tradicionais. As suas propostas de reformas políticas e sociais, de entre as quais se destaca a abolição da escravatura, colocava em causa do modo de vida do Sul.

Mais tarde, e numa tentativa de manter os seus costumes e a sua economia esclavagista, vários Estados quebraram a União e fundaram a Confederação Norte-Americana, dando início à Guerra Civil.

Durante este conflito, o Presidente Lincoln demonstrou a capacidade de um governo democrático (à altura, uma rara e mal-vista forma de governar) em manter a união dos territórios e de ultrapassar os conflitos sem a necessidade de uma liderança autoritária.

Em 22 de Setembro de 1862, Lincoln publicou a proclamação que concedia a liberdade aos escravos dos Estados confederados. Aos olhos das outras nações, a libertação deu um novo sentido à Guerra e abriu caminho para a abolição da escravatura em todo o país, que ocorreria em 1865.

Em 1864, as vitórias do Norte possibilitaram a reeleição de Lincoln, cujo novo mandato teve início em Janeiro do ano seguinte. Meses mais tarde, a 1 de Abril de 1865, terminava a Guerra Civil, com uma vitória definitiva da União.

Porém, o Sul mantinha-se descontente e afastado do Norte, tendo perdurado durante gerações um conflito social entre os dois territórios.

Na noite de 14 de Abril de 1865, durante uma peça de teatro, o Presidente Lincoln era assassinado com um tiro à queima-roupa, no Teatro Ford, em Washington.

Representação à data do assassinato do Presidente Lincoln, por Booth
Representação à data do assassinato do Presidente Lincoln, por Booth

O assassino, John Wilkes Booth, era um fervoroso defensor das causas sulistas e da Confederação. Lincoln viria a falecer na manhã seguinte.

Abraham Lincoln – Um Presidente Progressista