Nuno Álvares Pereira (nasceu em 24 de Junho 1360 e morreu em 1 de Novembro 1431), também conhecido como o Santo Condestável ou Beato Nuno de Santa Maria, foi um dos maiores generais portugueses do século XIV, que desempenhou um papel fundamental na crise de 1383-1385, onde Portugal voltou a lutar pela sua independência contra Castela, principalmente na Batalha de Aljubarrota, que decidiu a guerra em favor do Reino de Portugal.


A Batalha de Aljubarrota
deu-se no final da tarde de 14 de Agosto de 1385, entre tropas portuguesas comandadas por D. João I de Portugal e o seu condestável D. Nuno Álvares Pereira, e o exército castelhano de D. Juan I de Castela.

A batalha aconteceu no campo de S. Jorge, nas imediações da vila de Aljubarrota, entre as localidades de Leiria e Alcobaça.

O resultado foi uma derrota definitiva dos castelhanos e o fim da crise de 1383-1385, e a consolidação de D. João I como rei de Portugal, o primeiro da dinastia de Avis.

D. Nuno Álvares Pereira