NgungunhaneNgungunhane nasceu em Gaza, no ano de 1850 e morreu na Angra do Heroísmo, no dia 23 de Dezembro de 1906.

Foi o último imperador do Império de Gaza, no território que actualmente é Moçambique, reinando de 1884 a 28 de Dezembro de 1895, dia em que foi feito prisioneiro por Joaquim Mousinho de Albuquerque na aldeia fortificada de Chaimite.

Cognominado o Leão de Gaza e já conhecido da imprensa europeia, a administração colonial portuguesa decidiu condená-lo ao exílio em vez de o mandar fuzilar. Foi transportado para Lisboa, acompanhado por um filho de nome Godide e por outros dignitários. Após uma breve permanência em Lisboa, foi desterrado para os Açores, onde viveu até falecer 11 anos mais tarde. Foi também o último monarca da dinastia Jamine.

Ngungunhane de Gaza