Papa Adriano IIFoi eleito Papa no dia 14 de Dezembro de 867, tendo vindo a falecer nesse mesmo dia, em 872.

Nativo de Roma, Adriano era conhecido por ser caridoso e amável. Era descendente de uma família romana que já havia dado dois pontífices à Igreja (Estevão III e Sérgio II). Adriano já tinha 75 anos, tendo já recusado por duas vezes a nomeação. Esteve casado antes de receber as ordens sagradas. Também coroou Alfredo, o Grande, Rei da Inglaterra, sendo o primeiro soberano inglês abençoado em Roma.

Tentou apaziguar as discórdias entre os povos católicos e convocou o 8º Concílio Ecuménico, em Constantinopla, ao qual mandou dez delegados. Enviou São Cirilo e São Metódio para pregarem aos eslavos. Deu permissão para celebrar a liturgia na língua eslava.

Papa Adriano II