São Silvestre ISão Silvestre I foi Papa de Janeiro de 314 a 31 de Dezembro de 335, durante o reinado do imperador romano Constantino I, que instaurou o cristianismo como religião do Estado.

A sua autoridade foi eclipsada pela de Constantino, não tendo assistido ao sínodo de Arles nem ao Concílio de Niceia, convocados pelo imperador. Não obstante foi durante o seu pontificado que a autoridade da Igreja foi estabelecida e se construíram os primeiros monumentos cristãos, como a Igreja do Santo Sepulcro em Jerusalém, e as primitivas basílicas de Roma, São João de Latrão e São Pedro, bem como das igrejas dos Santos Apóstolos e de Santa Sofia em Constantinopla.

Atribui-se em geral a conversão de Constantino a uma visão que terá tido antes da batalha da ponte de Milvius. Mas a tradição medieval, deu-nos outra interpretação, sendo esta que o imperador teria lepra incurável, e logo que Silvestre o baptizou por imersão numa piscina ficou imediatamente curado. Esta versão não tem fundamento, pois sabe-se que Constantino foi baptizado por Eusébio, bispo de Nicodemia.

Silvestre I foi um dos primeiros santos canonizados sem ter sofrido o martírio.

O seu dia é a 31 de Dezembro.

São Silvestre I