PasteurLouis Pasteur nasceu em Dole, a 27 de Dezembro de 1822 e veio a falecer em Villeneuve-L’Etang, no dia 28 de Setembro de 1895.

Pasteur foi um cientista francês cujas descobertas tiveram uma enorme importância na história da química e da medicina. Deve-se a Louis a técnica conhecida como pasteurização.

Exerceu o cargo de professor de química em Estrasburgo e posteriormente em Paris.

Descobriu em 1848 o dimorfismo do ácido tartárico, ao observar no microscópio que o ácido racêmico apresentava dois tipos de cristais, com simetria especular. Foi portanto o descobridor das formas dextrógiras e levógiras. Esta descoberta valeu ao jovem químico, com apenas 26 anos de idade, a concessão da Légion d’Honneur Francesa.

Em 1854 foi nomeado decano da Faculdade de Ciências na Universidade de Lille.

A pedido dos vinicultores da região, começou a investigar a razão pela qual os vinhos e a cerveja azedavam. De novo, utilizando o microscópio, conseguiu identificar a levedura responsável pelo processo. Ao aquecer os produtos a 48° graus, elimina as leveduras, permitindo a sua conservação em recipientes isolados. Este processo originou a actual técnica de pasteurização dos alimentos. Demonstrou, desta forma, que todo processo de fermentação e decomposição orgânica ocorre devido à acção de organismos vivos.

Também realizou vários estudos a bactérias e organismos vivos, descobrindo várias técnicas de conservação e de esterilização.

Louis Pasteur