LisaO Lisa foi um computador pessoal revolucionário, lançado pela Apple Computer em 1983. Foi o primeiro PC a ter um rato e uma interface gráfica. Essa interface foi inspirada nas estações de trabalho Xerox. A ideia por trás do Lisa era tornar os computadores mais fáceis de usar, aumentando assim a produtividade. O projecto Lisa começou em 1978. Steve Jobs, co-fundador da Apple, participou no seu desenvolvimento até 1982, quando se juntou ao projecto Macintosh.

A origem do nome Lisa é um mistério. Alguns pensam que é o acrónimo de Local Integrated Software Architecture, outros dizem que vem do nome da filha de Jobs, e que o acrónimo foi inventado mais tarde para combinar com o nome.

O Lisa foi lançado no dia 19 de Janeiro de 1983 a um preço de US$ 9995. Utilizava um microprocessador Motorola 68000 a 5 MHz, tinha 1 MB de RAM, memória virtual, um disco rígido externo de 5 MB e dois leitores de disquetes 5,25″ de 871 KB. O seu sistema operacional era o Lisa OS, que já era multi tarefa cooperativo, função extremamente avançada para a época. Essa função era, em parte, responsável pela lentidão do processamento.

Apesar do seu carácter revolucionário para a época, o Lisa foi um enorme fracasso comercial para a Apple. Em uma época em que 96 KB de RAM eram considerados uma extravagância, parte importante do preço do Lisa pode ser atribuída ao seu excesso de memória. A título de comparação, em 1990 ainda se vendiam computadores com menos memória que o Lisa proporcionava 7 anos antes.

O folclore da computação conta que a Apple mantém um número significativo de Lisas não vendidos num stock em Utah.

Hoje em dia, os Lisa que ainda funcionam tornaram-se objectos de colecção pelos quais os usuários estão dispostos a pagar milhares de euros.

PC Lisa