Os dois ataques aéreos japoneses a Darwin, na Austrália, ocorridos a 19 de Fevereiro de 1942, foram o maior ataque por uma força inimiga contra a Austrália. Os ataques tiveram também um grande impacto na campanha do Pacífico na Segunda Guerra Mundial e teve um grande impacto na moral da população australiana.

Darwin, que em 1942 tinha uma população oficial de 2.000 pessoas, era uma posição estratégica tendo um porto naval e uma base aérea lá colocados. Embora fosse um alvo relativamente menos significante, um maior número de bombas foram lançadas do que no ataque a Pearl Harbor. Darwin não se encontrava preparado, e embora entre 1942-1943 fosse atacado por via aérea mais de 63 vezes, estes dois ataques foram os mais devastadores.

Ataques a Darwin – 1942