Couraçado Vasco da GamaO Vasco da Gama foi o único navio couraçado ao serviço da Marinha Portuguesa. Durante a sua vida foi várias vezes remodelado, recebendo várias qualificações, como corveta-couraçada, couraçado e cruzador-couraçado.

O Vasco da Gama foi construído nos estaleiros ingleses da Thames Iron Works, sendo incorporado na Marinha Portuguesa como Corveta-Couraçada de 2.479 toneladas no dia 1 de Fevereiro de 1887.

Em 1901, o Vasco da Gama sofreu trabalhos de grande remodelação em Itália que incluíram, entre muitos outros, o seu alongamento, aumento da sua tonelagem e a instalação de novas peças de artilharia e metralhadoras. O navio ficou bastante diferente do original, passando a ser classificado como cruzador-couraçado.

A missão principal do Vasco da Gama era complementar as defesas de Lisboa, que eram asseguradas em terra pelas fortificações do Campo Entrincheirado de Lisboa. Durante a 1ª Guerra Mundial, o navio serviu como escolta em comboios de transporte de tropas para África e França. Em 1936, depois de uma longa vida de serviço, em que chegou a ser o Navio-Bandeira da Esquadra Portuguesa, o Vasco da Gama foi abatido ao serviço.

Características Técnicas a partir de 1901:

  • Deslocamento: 3.030 toneladas;
  • Couraça Máxima: 254 mm;
  • Comprimento: 71,3 metros;
  • Armamanento: 2 peças de 203 mm, 1 peça de 150 mm, 1 peça de 76 mm, 8 peças de 47 mm e 2 metralhadoras de 6,5 mm;
  • Propulsão: 2 motores de 6.000 hp de potência e 2 veios;
  • Velocidade Máxima: 15,5 nós (28 km/h);
  • Guarnição: 259.
Couraçado Vasco da Gama