Baptista de Andrade nasceu a 27 de Março de 1811 e morreu a 26 de Fevereiro de 1902. Destacou-se enquanto colocado em Moçambique e na Índia até 1838, no qual regressou para terminar o curso da Escola Politécnica. Foi promovido em Setembro de 1844, a Segundo-Tenente, e a Primeiro-Tenente em Setembro de 1845. Entretanto desempenhou a função de imediato no cúter Andorinha, e no brigue Serra do Pilar, tendo sido também comandante no brigue Corimba e na polaca Esperança.

Em Maio de 1855 foi nomeado Governador do distrito de Ambriz. Mais tarde, em Outubro de 1857, após o seu desempenho numa série de campanhas contra revoltas de vários povos indígenas, foi-lhe atribuído o grau de Oficial de Capitão-Tenente em Abril de 1858.

Foi renomeado Governo de Ambriz e em 1859 nomeado superintendente das minas de Bembe. A 21 de Setembro de 1860 foi promovido a Capitão-de-Fragata, no qual desempenhou a função de comandante da corveta Estefânia e em Agosto de 1862 foi nomeado Governador-Geral de Angola.

Já em 1889 foi promovido a Vice-Almirante, e em 1890 Comandante-Geral da Armada Portuguesa, tornando-se em 1892, o Vice-Presidente do Conselho do Almirantado e em 1895 promovido ao posto de Almirante.

É o patrono da classe de corvetas Baptista de Andrade e da embarcação NRP Baptista de Andrade.

Almirante Baptista de Andrade