Immanuel Kant ou Emanuel Kant nasceu em Königsberg a 22 de Abril de 1724 e morreu também em Königsberg, a 12 de Fevereiro de 1804.

Kant foi um filósofo prussiano, geralmente considerado como o último grande filósofo dos princípios da era moderna, um representante do Iluminismo, indiscutivelmente um dos seus pensadores mais influentes. Kant teve um grande impacto no Romantismo alemão e nas filosofias idealistas do século XIX, tendo esta sua faceta idealista sido um ponto de partida para Hegel.

Aparte essa vertente idealista que iria desembocar na filosofia de Hegel, alguns autores consideram que Kant fez ao nível da epistemologia uma síntese entre o Racionalismo continental e a tradição empírica inglesa.

Kant é famoso sobretudo pela sua concepção conhecida como idealismo transcendental, que diz que todos nós trazemos formas e conceitos a priori, ou seja, que não necessitam de experiência, para a experiência concreta do mundo, os quais seriam de outra forma impossíveis de determinar. A filosofia da natureza e da natureza humana de Kant é historicamente uma das mais determinantes fontes do relativismo conceptual que dominou a vida intelectual do século XX. No entanto, é muito provável que Kant rejeitasse o relativismo nas suas formas contemporâneas, como por exemplo o Pós-modernismo.

Kant é também conhecido pela sua filosofia moral, pela sua proposta, a primeira moderna, de uma teoria da formação do sistema solar, conhecida como a hipótese Kant-Laplace.

Kant