António Rosa Damásio nasceu em Lisboa, a 25 de Fevereiro de 1944. Damásio é um médico neurologista, um neurocientista português. Licenciou-se em Medicina na Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, onde veio também a doutorar-se. Após uma estadia no Centro de Investigação da Aphasia de Boston, regressou ao Departamento de Neurologia do Hospital Universitário de Lisboa. Actualmente é professor na Universidade Central de Medicina de Iowa, tal como a sua mulher, Hanna Damásio, onde ocupa a cátedra M.W. Van Allen e criou, junto com a esposa, um laboratório para a investigação da emoção usando o método da lesão e a imagem funcional. É ainda professor do Instituto Salk de La Jolla, na Califórnia.

Ficou mundialmente famoso com a publicação do seu primeiro livro, O Erro de Descartes – Emoção, Razão e Cérebro Humano. Outra obra reconhecida mundialmente como referência na sua área científica é O Sentimento de Si, eleito um dos dez livros do ano pelo New York Times. Escreveu igualmente Ao encontro de Espinosa. Recebeu, entre muitos outros prémios, o Prémio Pessoa e o Prémio Príncipe das Astúrias de Investigação Científica e Técnica, em Junho de 2005.

Estudioso de neurobiologia do comportamento humano e investigador das áreas cerebrais responsáveis pela tomada de decisões e conduta. Observou o comportamento em centenas de doentes com lesões no córtex pré-frontal, permitindo concluir que, embora a capacidade intelectual se mantivesse intacta, estes doentes apresentavam mudanças constantes do comportamento social e incapacidade de estabelecer e respeitar regras sociais.

Os seus estudos debruçam-se sobre a área designada por ciência cognitiva, e têm sido decisivos para o conhecimento das bases cerebrais da linguagem e da memória.

António Damásio