O Colégio Militar é um estabelecimento público militar de ensino dependente do Comando de Instrução do Exército Português, tendo como missão ministrar, em regime de internato, os cursos de ensino básico e ensino secundário aos filhos do sexo masculino de militares e civis, assegurando igualmente a sua formação militar de base.

No Colégio Militar são ministrados os seguintes estudos:

  • 2º Ciclo do Ensino Básico;
  • 3º Ciclo do Ensino Básico;
  • Ensino Secundário;
  • 1ª Parte do Curso de Formação de Oficiais Milicianos.

História

O Colégio Militar tem origem no Colégio da Feitoria, criado em 1803 pelo Coronel Teixeira Rebelo, comandante do Regimento de Artilharia da Corte, situado no Forte da Feitoria, em Oeiras, com o objectivo de educar os filhos dos oficiais daquele regimento. Em 1813, o Colégio passa a ter existência oficial, adoptando a designação de Real Colégio Militar. Não se conhecendo documentação definitiva sobre os primórdios do colégio, foi estabelecido, já nos anos 40 do Séc. XX, o dia 3 de Março de 1803 como a data oficial da sua fundação.

O Real Colégio Militar foi transferido em 1814 do Forte da Feitoria para o sítio da Luz, em Lisboa. Entre 1835 e 1859, a sede do colégio mudou várias vezes de local, voltando naquele ano para a Luz, onde ainda hoje se mantém. Desde essa época que os alunos do Colégio Militar recebem a alcunha de Meninos da Luz.

Com a implantação da República, em 1910, o colégio perdeu o título de Real passando a ser simplesmente Colégio Militar.

Colégio Militar da Luz