O New Deal, lançado no dia 4 de Março de 1933, foi o nome dado à série de programas implementados nos Estados Unidos entre 1933 e 1937, sob o governo do Presidente Franklin Delano Roosevelt, com o objectivo de recuperar e reformar a economia norte-americana, e dar apoio a todos os afectados pela Grande Depressão. O nome destes programas foi inspirado no Square Deal, nome dado pelo anterior Presidente Theodore Roosevelt à sua política económica.

Como resultado do New Deal foram criadas nos Estados Unidos dezenas de agências federais de apoio à população.

Os opositores do New Deal, os quais protestavam contra o crescimento dos gastos públicos e o deslocamento de atribuições dos Estados para a União em geral, conseguíram interromper a sua expansão em 1937 e abolir alguns dos seus programas a partir de 1943. Todavia, programas e agências importantes então criados subsistem até hoje, como a Social Security , equivalente à nossa Segurança Social, entre outras do género.

Medidas

  • Na agricultura: o estado indemnizou os agricultores, que reduziram as suas áreas de cultivo para diminuir a produção, e concedeu créditos para pagamento de dívidas;
  • Na indústria: foram fixados limites à produção e tabelaram-se os preços dos produtos, de modo a evitar as crises de superprodução;
  • No sector financeiro: criou-se uma legislação para controlar a actividade da Bolsa e do sector bancário.
  • No domínio social:foi estabelecido o salário mínimo, reduziu-se o horário de trabalho de 40 horas semanais e foram introduzidas medidas de protecção aos trabalhadores, como o subsídio de desemprego, de doença, de velhice e de invalidez.

Para combater o desemprego, o governo promoveu grandes obras públicas, para a criação de barragens, estradas e pontes. Como estas medidas aumentaram o custo da mão-de-obra e a taxa de desemprego caiu drasticamente.

Mas mesmo com todas estas medidas só foi durante a década de 1940 que a taxa de desemprego nos EUA ficou abaixo dos 15%, graças à inflação que foi gerada para levantar fundos para lutar a Segunda Guerra Mundial, o que reduziu os salários, ajudando à expansão dos contractos laborais.

O New Deal