Francisco de Paula Leite de Sousa, primeiro Visconde de Veiros, nasceu em Lisboa, no dia 7 de Março de 1747 e morreu, também na capital, na tarde de 6 de Julho de 1833. Francisco de Sousa foi um militar e nobre de Portugal.

Era fidalgo por nascimento, e teve a sua afiliação de cavaleiro da Casa Real por alvará de 7 de Abril de 1755. Foi praça a partir do dia 5 de Março de 1762, no Regimento de cavalaria do Caés, então aquartelado na vila de Veiros. Em 1763 passou para o serviço da Real Armada, construindo uma brilhante carreira até alcançar o posto de Chefe de Esquadra.

Regressou ao Exército como Marechal-de-Campo em 1799. Mais tarde, foi Tenente-General em 1807, sendo o governador de armas da corte e das províncias da Estremadura, e do Alentejo, sendo também um dos responsáveis pela Restauração Portuguesa. Foi o primeiro português da sua classe que se bateu em campo com as aguerridas tropas de Napoleão Bonaparte.

Comandou não só diversas Naus e Fragatas mas também esquadras e armadas. Deu segurança a infinitos vasos de comércio e comboios, constando um deles de 122 navios mercantes, que conduziu em segurança, por várias semanas, sendo perseguídos por embarcações inimigas. Acabaram por entrar no Tejo a 10 de Setembro de 1798 com a mais importante frota, que encheu de ouro os cofres do Real Erário e a praça comercial de Lisboa.

Serviu na Índia, tendo sido Conselheiro de Guerra, diversas vezes condecorado.

Casou com a sua sobrinha, Maria de Santo António Freire de Saldanha Noronha e Lima, filha do conselheiro Fernão Pereira Leite de Sousa e Foyos e Maria Rita de Sousa Freire de Saldanha Noronha e Lima. Tiveram duas filhas, uma das quais foi a segunda viscondessa de Veiros.

Morreu de cólera morbus.

Francisco de Sousa – 260 Anos