Maria Magdalena Pinheiro Nogueira nasceu na Ilha Terceira, nos Açores, no ano de 1862, e morreu em Lisboa a 17 de Março de 1925. Maria Magdalena foi a mãe do poeta e escritor português Fernando Pessoa. Era filha do casal açoriano Madalena Xavier Pinheiro e o conselheiro Luís António Nogueira, conhecido jurisconsulto, que foi director-geral do Ministério do Reino e conviveu com várias celebridades da época, como Manuel de Arriaga, primeiro presidente da República Portuguesa, ou do poeta Tomás Ribeiro.

Maria teve uma educação refinada, aprendendo a falar alemão, inglês e francês, sendo que o inglês foi ensinado pelo mesmo educador dos infantes D. Carlos e D. Afonso, o que demonstra o alto nível social da família de Maria. Gostava também de ler e chegava a criar versos.

Casou-se com Joaquim de Seabra Pessoa, que falece de tuberculose em 1893, quando Fernando Pessoa, filho do casal, tinha apenas cinco anos. Dois anos depois, 1895, Maria casa-se por procuração com o comandante João Miguel Rosa, cônsul de Portugal em Durban, na África do Sul. Lá, o filho poeta passa a maior parte da juventude, onde recebe forte contacto com a língua inglesa.

Maria Magdalena Pinheiro Nogueira