O Sistema Internacional de Unidades é um conjunto de definições adoptado em quase todo o mundo moderno que visam a uniformizar e facilitar as medições.

Para efectuar medidas é necessário fazer uma padronização, escolhendo unidades para cada grandeza. Antes da instituição do Sistema Métrico Decimal a 7 de Abril de 1795, as unidades de medida eram definidas de maneira arbitrária, variando de um país para outro, dificultando as transacções comerciais e o intercâmbio científico entre eles.

As unidades de comprimento, por exemplo, eram quase sempre derivadas das partes do corpo do rei de cada país, como a jarda, o pé, a polegada e outras. Até hoje, estas unidades são usadas nos Estados Unidos da América, embora definidas de uma maneira menos individual, mas através de padrões restritos às dimensões do meio em que vivem e não mais as variáveis desses indivíduos.

Até 1995, existiam duas unidades suplementares, sendo estas o radiano e o esterradiano. A partir de então, com uma resolução da Conferência Geral de Pesos e Medidas estas tornaram-se derivadas.

O Sistema Internacional de Unidades