Henry Ford nasceu em Springwells a 30 de Julho de 1863 e morreu em Dearborn a 7 de Abril de 1947. Ford foi um empreendedor norte-americano, fundador da Ford Motor Company e o primeiro a aplicar a montagem em série de forma a produzir, em massa, automóveis a um preço acessível.

Este feito não é notável apenas pelo facto de ter revolucionado a produção industrial mas, também, porque influenciou de tal forma a cultura moderna que alguns académicos, sociólogos e historiadores identificam esta fase social e económica da história como Fordismo, geralmente relacionado, também, com o Taylorismo. Henry Ford montou o seu primeiro motor sobre a bancada da sua cozinha.

Filho de emigrantes escoceses, a sua mãe faleceu quando tinha apenas doze anos. Frequentou escolas rurais até aos quinze anos, trabalhando na fazenda do seu pai, tendo sempre demonstrado habilidades para invenções, particularmente na mecânica. Frequentou uma escola de comércio, todavia buscava sempre aumentar os seus conhecimentos de mecânica. Depois de concluído o curso, ligou-se à Westinhouse Engine, tendo ali acontecido o seu primeiro contacto directo com o motor de combustão interna, em 1885.

Em 1886 ganhou oitenta hectares de terra do seu pai. A razão deste retorno às terras foi o seu noivado com Clara J. Bryant. Fundou a Ford Motor Company com a ajuda de investidores a 16 de Junho de 1903. Em apenas cinco anos ultrapassou os seus concorrentes, transformando-se no maior produtor de automóveis do mundo. Henry Ford inventou o mítico Ford Model T, um dos automóveis mais vendidos de todos os tempos.

A alta produção conseguída por Ford tem como característica marcante a escolha de uma única cor de veículo, que era preta. Desta forma, conseguía montar os veículos sem ter que diferenciar o processo de pintura. A tinta preta também era a preferida por Ford por secar mais rapidamente. Existe uma frase famosa de Ford sobre a escolha da cor do veículo: Pode ter o carro da cor que quiser, contanto que ele seja preto.

Nos anos 1930, Henry Ford empreendeu o cultivo de seringais na Amazónia Brasileira, antiga Fordlândia, visando à produção do látex necessário na sua empresa. Contudo, a iniciativa não obteve êxito, tendo a plantação sido atacada por uma praga.

Ford faleceu velho e rico, devido a complicações derivadas de uma gripe severa.

Henry Ford