Clemente V, nascido Bertrand de Gouth, no ano de 1264 e falecido a 20 de Abril de 1314, foi Papa entre Junho de 1305 e 1314. Foi eleito após um longo conclave realizado em Perugia, onde se defrontaram os interesses dos cardeais italianos e franceses.

Foi Clemente V que na Sexta-feira, 13 de Outubro de 1307, facto pelo qual ainda hoje se intitula sexta-feira 13 como dia de azar, autorizou a França a atacar de surpresa os Templários e obrigá-los a fazer confissões e a praticarem actos heréticos. Hoje crê-se que o verdadeiro motivo para tal acontecimento foi a política e a económica, cedendo à pressão do rei Filipe IV de França, que via os Templários como uma força não controlada que lhe poderia causar incómodos diversos.

O seu pontificado fica também marcado pela mudança da Santa Sé de Roma para Avinhão em 1309, justificado pelos tumultos existentes em Itália. Avinhão não era então território francês, mas um feudo do rei da Sicília.

Papa Clemente V