Colin Luther Powell nasceu no Bronx, em Nova Iorque, a 5 de Abril de 1937. Powell é um militar da reserva norte-americana e foi o 65º Secretário de Estado dos Estados Unidos da América durante o governo do presidente George W. Bush, entre 20 de Janeiro de 2001 até 26 de Janeiro de 2005.

Filho de uma família de imigrantes jamaicanos, cumpriu duas comissões de serviço na Guerra do Vietname, em 1962-1963 e em 1968-1969. E em reconhecimento pelos serviços prestados foram-lhe atribuídas várias medalhas e condecorações.

Em 1972 assumiu o seu primeiro cargo de natureza política, fazendo parte da equipa de funcionários da Casa Branca, e tornou-se depois assistente de Frank Carlucci. Posteriormente, desempenhou diversas funções de comando no Pentágono.

Em 1987 passou a fazer parte do Conselho Nacional de Segurança dos Estados Unidos e tornou-se assessor do presidente para os assuntos de segurança nacional. No fim desse ano, Ronald Reagan nomeou-o sucessor de Carlucci.

Em 1990, o presidente George Bush nomeou Powell para o cargo de chefe do Estado-Maior Conjunto, o mais alto posto militar do País. Foi, até agora, o único cidadão de raça negra a atingir um posto tão elevado.

Powell planeou a invasão norte-americana do Panamá em Dezembro de 1989, destinada a derrubar e capturar o ditador Manuel Noriega, e a operação Tempestade no deserto durante a Guerra do Golfo.

Retirou-se da vida militar em 1993. Depois disso, tem-se dedicado a escrever, a fazer conferências e a contactos políticos. É frequentemente apontado como futuro candidato à Presidência, seja como independente, seja com o apoio do Partido Republicano, no qual, em todo o caso, não se encontra filiado.

Depois de retirar-se do Exército, o secretário Powell escreveu a sua autobiografia My American Journey, livro que se publicou em 1995 e que teve um grande êxito de vendas.

A 20 de Janeiro de 2001, torna-se Secretário de Estado dos Estados Unidos da América e um elemento chave no governo de George W. Bush na luta contra o terrorismo, especialmente após os atentados de 11 de Setembro de 2001.

Colin Luther Powell