O Papa São Gregório VII, nascido Hildebrando na Sovana, em Itália, cerca de 1020 ou 1025, e falecido em Salerno no dia 25 de Maio de 1085, foi um Papas mais influentes da História.

Pertencia à Ordem Beneditina. O seu pontificado decorreu entre 22 de Abril de 1073 e 12 de Maio de 1085. Era de origem germânica. A favor dos direitos da Igreja, enfrentou o Imperador Henrique IV do Sacro Império Romano, em defesa da superioridade do Poder Espiritual sobre o Poder Temporal. Emprestou o seu nome, um tanto ou quanto excessivamente, ao maior programa de reforma da cristandade católica em toda a sua história, a reforma gregoriana. Foi monge na Abadia de Cluny, considerada a alma da Idade Média.

A sua eleição é considerada, no mínimo, como irregular. Não era sacerdote quando foi eleito Papa. A pedido da Condessa Matilde, perdoou Henrique IV que, entretanto, voltou a rebelar-se contra a Santa Sé. Devido ao seu carácter de combate, arrecadou inimigos que o exilaram. Ao morrer, fora de Roma, disse a frase que se tornaria famosa: “Amei a justiça e odiei a iniquidade, por isso morro no exílio”.

O Papa São Gregório VII