A Fundação Calouste Gulbenkian foi criada a 18 de Julho de 1955 com a herança de Calouste Gulbenkian. Após a sua morte, em 1955, legou os seus bens ao país sob a forma de uma fundação, localizada na sua antiga residência. Esta apoia muitas actividades culturais e possui uma orquestra, bibliotecas, um coro, salas de espectáculos e dois museus (arte antiga e contemporânea) com cerca de seis mil peças no seu acervo.

A Fundação Calouste Gulbenkian