A 3 de Agosto de 1906, um tratado entre os governos britânico e chinês é assinado em Pequim, estabelecendo que ambos os países se comprometem a respeitar a independência do Tibet.

Como é do conhecimento mundial, actualmente, o Tibete não é sequer uma nação, tendo sido invadida pela China comunista, que chacina todos os anos vários monges tibetanos, numa limpeza étnica e religiosa.Como porta-voz e líder religioso do Budismo Tibetano, o Dalai Lama estará em Lisboa, já em Setembro, para falar ao mundo dos crimes cometidos e do que é o Budismo. Não perca esta oportunidade única.

A Soberania Fantasma