O Dubai foi originalmente uma aldeia de pescadores e colectores de pérolas, existente há séculos na baía do Dubai. Porém, a cidade moderna data da década de 1830, quando a tribo Bani Yas, da família dos Al-Maktoum ali se instalou e recusou obediência a Abu Dhabi. Os xeiques seguintes estimularam os contactos com os estrangeiros, especialmente britânicos, enquanto a cidade do Dubai se tornava um importante porto de escala.

A população nativa de Dubai é minoritária. Mais de três quartos dos habitantes da cidade são originários de outros países, em especial, do sul da Ásia e das Filipinas. O idioma oficial é o árabe mas o inglês é ensinado nas escolas e amplamente utilizado. Como regular na região, a religião oficial é o Islão, existindo também templos hindus e cristãos.

Ao contrário dos demais Emirados Árabes Unidos, a economia de Dubai não se baseia na exploração do petróleo. Apenas 7% da renda do emirado é obtida através da exportação deste bem. A maior parte dos recursos provêm de Jebel Ali, onde se localiza o porto de Dubai e várias empresas multinacionais que gozam de vantajosas isenções comerciais e fiscais.

Sendo um local paradisíaco, é comum referência na comunidade travel blog, e um dos sítios com maior ascensão turística.

Dubai