É tão fácil viajar! Antes da Internet era um pouco mais complicado escolher tanto os destinos como passar o processo de marcar as passagens, reservar os hotéis e planificar a estadia. Hoje tudo isso se faz muito depressa, e com grande prazer, sem deixar o computador.
Por exemplo, andamos há algum tempo a sonhar com um regresso pontual a Londres. A nossa primeira vez foi espectacular, adorámos. Mas nem tudo foi marcado via net. Agora, já seria possível.
Começava por ir ao LowCost Portugal informar-me sobre os vôos mais baratos e cómodos, ou colocar directamente o assunto no novo forum que ali abriu na semana passada.

 Oxford Street

Depois, vinha a parte das dormidas. Desta vez escolheria a página Hotels in London para iniciar a procura. Tem ofertas de saldo para todos os gostos, estou certo que encontraríamos o hotel certo. Da primeira vez ficámos numa transversal da Oxford Street (na imagem acima).
Aprendemos uma coisa nessa altura: embora Londres tenha tanto para ver que eu passava lá um ano de férias nas calmas, a Inglaterra merece um olhar. Ficámos com pena de não ter passeado, pelo que nesta viagem (por enquanto) sonhada faremos o que nos faltou: visitar outras cidades.
Não tem nada a ver com a minha simpatia pelo Manchester United, o maior cloube do mundo, mas já andei a ver a página Hotels in Manchester. E de caminho estive a analisar os Hotels in Birmingham, just in case :)
Em Inglaterra só conheço uma cidade. Em França, estive em duas, tal como na Alemanha e na Holanda. Na Itália já visitei tantas que esqueci o número, o mesmo para Espanha.

Um fim de semana comprido em Londres podia ser assim