José Vital Branco Malhoa, nasceu nas Caldas da Rainha a 28 de Abril de 1855 e faleceu pacificamente em Figueiró dos Vinhos no dia 26 de Outubro de 1933. Malhoa foi um brilhante pintor e professor português.

Com apenas 12 anos, Malhoa entrou para a escola de Belas Artes, onde todos os anos ganhou o primeiro prémio, devido às suas enormes faculdades e qualidade artísticas. Realizou inúmeras exposições, tanto em Portugal como no estrangeiro, designadamente em Madrid, Paris e Rio de Janeiro, tendo sido pioneiro do Naturalismo em Portugal, tendo também integrado o Grupo de Leão.

José Malhoa destacou-se também por ser um dos pintores portugueses que mais se aproximou da corrente artística Impressionista. José foi o primeiro presidente da Sociedade Nacional de Belas Artes e foi condecorado com a Grã-Cruz da Ordem de Santiago. Em 1933, ano da sua morte, foi criado o Museu de José Malhoa nas Caldas da Rainha.

O Fado, 1910

José Malhoa