O Concílio Vaticano I teve lugar entre os dias 8 de Dezembro de 1869 e 18 de Dezembro de 1870, tendo sido proclamado por Pio IX.

As principais decisões do Concílio foram conceber uma Constituição Dogmática intitulada Dei Filius, sobre a Fé católica, e a Constituição Dogmática Pastor Aeternus, sobre o primado e infalibilidade do Papa quando se pronuncia “ex-catedra”, em assuntos de fé e de moral. Também foram tratadas questões doutrinárias que eram necessárias para dar novo alento e informar melhor sobre assuntos essenciais de Fé.

Concílio Vaticano I