O Papa Dionísio foi eleito a 22 de Julho de 259, um ano após a morte do seu antecessor, por causa das perseguições por parte do Império Romano. Naquele período, os bárbaros já se encontravam nas fronteiras do Império.

Foi Dionísio que reorganizou as paróquias romanas e enviou ajuda aos cristãos da Capadócia, que tinham sofrido com os persas. Obteve também, de Galieno, a liberdade para os cristãos. Morreu no 26 de Dezembro de 268, de morte natural e está sepultado na Catacumba de São Calisto.

Papa Dionísio