Servius Sulpicius Galba, nascido em Terracina, a 24 de Dezembro de 3 a.C. e assassinado em Roma, na manhã de 15 de Janeiro de 69 d.C., foi um Imperador Romano. Filho dos importantes patrícios Gaius Sulpicius Galba e Mummia Achaica, de família antiga e tradicional, Galba era General das legiões, ocupou destacadas posições militares no Império Romano e em 60 d.C. foi nomeado Governador da Tarraconense (Hispânia).

Nesta província, juntou-se a uma rebelião promovida por Vindex, governador da Gália Lugdunense, contra o Imperador Nero. Foram combatidos por Rufo, General do Imperador, que os obrigou a retirar para o interior da Espanha. Porém, com o suicídio de Nero em 68, Galba acabou por ser o seu sucessor como Imperador Romano por apenas sete meses, até a sua morte. O historiador Tácito menciona que Galba teria dito, “alisto soldados, não os compro!”, recusando-se a subornar os seus generais para tomar o poder de Roma. Foi assassinado pelos partidários de Otão, que se tornou Imperador, no que se tornou conhecido como Ano dos quatro imperadores.

Servius Sulpicius Galba