O Australopithecus Afarensis é uma espécie de hominídeo extinto, apresentada em 1978 por Tim White e Don Johanson, com base no famoso joelho de Johanson’s, encontrado por este antropólogo em Hadar, na Etiópia, em 1973. Os vestígios fósseis foram datados em 3,4 milhões de anos.

Até hoje, foram encontrados fragmentos desta espécie pertencentes a mais de 300 indivíduos, datados entre 4 e 2,7 milhões de anos, todos na região norte do Grande Vale do Rift, incluindo um esqueleto quase completo duma mulher adulta, que foi denominada Lucy, como já retratado aqui no Diário Universal. Uma das características marcantes de Lucy é o tamanho do seu cérebro, de 450 cm cúbicos, um pouco maior que o cérebro de um chimpanzé moderno.

A 31 de Março de 1994 o jornal científico Nature reportou o achado do primeiro crânio completo de um Australopithecus Afarensis.

Australopithecus Afarensis