O Bloqueio de Berlim, que vigorou entre 24 de Junho de 1948 e 11 de Maio de 1949, tornou-se uma das maiores crises da Guerra Fria, desencadeada quando a União Soviética interrompeu o acesso ferroviário e rodoviário à cidade de Berlim Ocidental, localizada na Alemanha sob a administração de Estaline. A crise arrefeceu ao ficar claro que a URSS não agiria para impedir a ponte aérea de alimentos organizada e operada pelos Estados Unidos, Reino Unido e França.

A URSS encerrou o bloqueio à meia-noite de 12 de Maio de 1949. Contudo, a ponte aérea continuou a funcionar até 30 de Setembro deste ano, pois os quatro países ocidentais preferiram criar um contingente de sobrevivência em Berlim Ocidental para o caso de um novo bloqueio soviético.

Bloqueio de Berlim