As Defesnestrações, dois incidentes da história da Boémia de Praga, foram actos de rebelião, atirando representantes oficiais pelas janelas dos palácios, de forma a os assassinar. O primeiro ocorreu em 1419 e o segundo em 1618. Ambos foram antecessores de prolongados conflitos na Boémia e zonas circundantes. Defenestração é o acto de atirar alguém ou alguma coisa pela janela, que em francês significa fenêtre.

A Segunda, ocorrida no dia 23 de Maio de 1618, foi o episódio que deu início à Guerra dos Trinta Anos, quando membros da Nobreza Checa atiraram das janelas do Palácio Real os representantes oficiais do Rei Fernando II.

Defenestração de Praga