No dia 28 de Agosto de 475, o General Germânico (Bárbaro) Orestes expulsa o Imperador Romano do Ocidente Júlio Nepos da capital do decadente Império, a cidade de Ravena, e coloca o seu próprio filho, Rómulo Augusto, no seu lugar.

Saque de Roma pelos Vândalos, em 455. Quadro pintado por Heinrich Leutemann.
Saque de Roma pelos Vândalos, em 455. Quadro pintado por Heinrich Leutemann.

A cidade de Ravenna foi a terceira cidade a ser a capital do Império Romano do Ocidente, de 402 a 476, depois de Roma e de Milão. Foi também nesta cidade que o último Imperador, Rômulo Augusto, foi destronado por Odoacro, que o humilhou publicamente, fazendo-o desfilar prisioneiro, vestido de camponês, antes de ordenar a sua execução em Roma, a gloriósa capital milenar do Império Romano, agora totalmente caído e em extinção.