O Papa João XIV, nascido Pedro Canepanova, foi o Sumo-Pontífice Romano nos anos agitados de 983 e 984. Nascido em Pavia numa data desconhecida, pouco se sabe da vida deste Papa antes de ser nomeado Chanceler do Império, de Oto II, bem como Bispo de Pavia. As influências do Imperador foram decisivas na eleição de João XIV, mudando o seu nome já que o seu original era Pedro, e este deveria, na sua opinião, ser reservado apenas para o fundador do Papado, São Pedro.

Oto morreu pouco depois da sua eleição, a 7 de Dezembro de 983, com 28 anos de idade, vítima de peste bubónica, deixando como herdeiro Oto III, apenas com três anos de idade. Foi o próprio João XIV que lhe deu a extrema unção, na presença dos cardeais e bispos. A morte de Oto trouxe consigo um período de confusão política e lutas por todo o império, com duques germânicos a pretender usurpar o trono. Os nobres de Roma aproveitaram o clima de insurreição e revoltaram-se contra o Pontífice, sob o pretexto de que este não era romano. Bonifácio VII, Antipapa, aproveitou o contexto e, voltando do exílio em Constantinopla, prendeu o seu rival no Castelo de Santo Ângelo. João XIV viria, depois, a morrer envenenado na prisão a 20 de Agosto de 984.

Papa João XIV