Pedro Nunes, o Matemático
Pedro Nunes, o Matemático

Pedro Nunes nasceu em Alcácer do Sal durante o ano de 1502, ficando para a história por ter sido um matemático português e um dos maiores vultos científicos do seu tempo, que contribuiu para o desenvolvimento da navegação, essencial para as Descobertas realizadas pela Armada Portuguesa. Pedro Nunes dedicou-se ainda aos problemas matemáticos da cartografia, tendo sido o inventor de vários aparelhos de medição náutica.

Outro momento que deixou Pedro Nunes na história foi em 1537, quando traduziu para português o Tratado da Esfera de Sacrobosco, os capítulos iniciais das Novas Teóricas dos Planetas de Purbáquio e o livro da Geografia de Ptolomeu. Em 1544 foi-lhe confiada a cátedra de matemática da Universidade de Coimbra, a maior distinção da época que se podia conferir a um matemático.

Além de se dedicar ao ensino, foi nomeado como Cosmógrafo Real em 1529 e Cosmógrafo-mor em 1547 até à sua morte. Em 1531, o Rei D. João III encarregou Pedro Nunes da educação dos seus irmãos mais novos, Luís e Henrique. Anos depois, foi também responsável pela educação do neto do rei (e futuro rei), Sebastião. No entanto, Pedro Nunes veio a falecer  em Coimbra a 11 de Agosto de 1578, vítima de uma doença desconhecida.

Pedro Nunes