Sir Ian Fleming durante a Segunda Guerra Mundial
Sir Ian Fleming durante a Segunda Guerra Mundial

Sir Ian Lancaster Fleming nasceu em Londres a 28 de Maio de 1908, tendo sido jornalista, escritor e agente do serviço secreto britânico durante a Segunda Guerra Mundial, ficando famoso por ter criado James Bond, mais conhecido como 007.

Filho do Major Valentine Fleming e Evelyn St. Croix Fleming, Ian estudou em Eton College, tendo depois ingressado a Academia Militar Real de Sandhurst. Porém, não conseguiu ingressar no serviço de estrangeiros e, com 23 anos de idade, não tinha uma carreira e nem uma perspectiva. Mesmo antes da Guerra, Fleming trabalhou como jornalista em Moscovo durante quatro anos, e posteriormente na bolsa de valores de Londres até o ano de 1939.

Durante a Segunda Guerra Mundial, Fleming foi destacado para os Serviços de Inteligência e Espionagem da Marinha de Sua Majestade, tendo ficado ao serviço do Almirante John H. Godfrey, cujo perfil serviu parcialmente como modelo para o desenvolvimento da personagem “M”, o superior hierárquico de James Bond.

Sir Ian Fleming veio a falecer na Cantuária a 12 de Agosto de 1964, devido a doença prolongada, após os seus livros serem um sucesso em vários países do mundo.

Sir Ian Fleming