Planta do Campo Penal do Tarrafal
Planta do Campo Penal do Tarrafal

Em 1936, neste dia, chegaram os primeiros 152 presos políticos do Estado Novo ao Campo Penal do Tarrafal, na ilha de Santiago em Cabo Verde, ao abrigo do Decreto-Lei n.º 26 539, de 23 de Abril de 1936.. Neste campo foram presos, torturados e assassinados (apesar de nunca confirmados pelo Governo de Salazar) dezenas de presos que o seu único crime foi estarem contra o Regime Salazarista. Salazar considerava-os uma ameaça ao regime e a Portugal.

O campo só foi encerrado depois do 25 de Abril de 1974, com o fim do Estado Novo.

Campo Penal do Tarrafal