Fotografia do Rei Humberto II de Itália

Humberto II, nascido em Castello Reale di Racconigi no dia 15 de Setembro de 1904, era filho de Vítor Emanuel III, tendo-se tornado o último Rei de Itália, cujo reinado durou de 9 de Maio a 13 de Junho de 1946.

Humberto II foi o único filho varão do seu pai, pelo que à nascença recebeu o título de Príncipe do Piemonte, na qualidade de herdeiro do trono italiano. Teve a educação típica dos príncipes europeus da sua época, iniciando desde jovem a sua carreira militar no exército italiano. Já sob a vigência da ditadura de Benito Mussolini, Humberto viria a ascender à patente de General.

Humberto II casou, em 8 de Janeiro de 1930, na Capela Paulina do Palácio do Quirinal, em Roma, com a Princesa Maria José, filha do Rei Alberto I da Bélgica, de quem teve quatro filhos. Embora se tenha mantido afastado dos fascistas, o ainda Principe comandou alguns regimentos quando da participação do seu país na Segunda Guerra Mundial.

Após a libertação do país da ocupação Nazi, Humberto foi nomeado Lugar Tenente do Reino, em Junho de 1944, quando a figura do seu pai estava já bastante desgastada, dada a passividade que sempre mostrara para com Mussolini. No 9 de Maio de 1946, Humberto tornou-se Rei de Itália, após a abdicação do seu pai, numa ultima tentativa de salvar a monarquia.

Porém esta tentativa foi em vão, tendo apenas reinado, visto que no dia 2 de Junho do mesmo ano os italianos pronunciaram-se, em referendo, pela instauração da república. Dias depois o Rei seguiu para o exílio, instalando-se em Cascais, Portugal, nunca lhe tendo sido concedida autorização para regressar a Itália. Humberto II faleceu em Genebra no dia 18 de Março de 1983.

Humberto II de Itália