Recordamos hoje o 14º aniversário da tomada de posse de Kocheril Narayanan como Presidente da República da Índia. Nascido a 4 de Fevereiro de 1921, Kocheril teve a sua educação básica no litoral da Índia, estudando posteriormente na London School of Economics e licenciando-se em Ciências Políticas.

De regresso ao seu país natal, Narayanan ingressou na política e na vida pública, entrando para o Executivo de Nehru, servindo no Ministério dos Negócios Estrangeiros Indianos. Destacado membro do Ministério, Kocheril foi rapidamente promovido e nomeado embaixador da Índia em países estratégicos como o Japão, Reino Unido, Tailândia, Turquia, República das Pessoas da China e Estados Unidos, sendo considerado o melhor diplomata indiano, por Nehru.

Após concluir os seus mandatos, Narayanan ingressa na vida política activa, a pedido de Indira Gandhi. Em funções desde os anos 80, Kocheril Narayanan tornou-se Vice-Presidente da Índia em 1992 e Presidente em 1997.

O seu mandato ficou marcado pelos fortes laços diplomáticos fomentados com a Federação Russa, Estados Unidos e União Europeia.

De visita a Portugal em 1998, por ocasião das celebrações dos 500 anos da chegada de Vasco da Gama à Índia, elogiou numa entrevista concedida em Lisboa ao jornal Diário de Notícias, o navegador português como agente de ligação entre o Ocidente e o Oriente.

O sistema de castas da Índia é uma divisão social importante na sociedade indiana, ainda em vigor e cumprido com grande rigor e seriedade. Kocheril Raman Narayanan foi o único Dalit, ou intocável, a ocupar a presidência da Índia.

Presidente Narayanan