Geoffrey II Plantageneta (Godofredo na forma portuguesa) foi Duque da Bretanha entre 1181 e 1186, por via matrimonial com Dona Constança, a herdeira legítima deste ducado.

Nascido a 23 de Setembro de 1158 em Vannetais, o reinado de Geoffrey foi curto e sem grandes consequências políticas e sociais. Após sucessivas guerras entre França e Inglaterra, o norte de França encontrava-se ocupado pela Coroa inglesa. Após não ver satisfeitas algumas condições de soberania, Geoffrey II cortou relações diplomáticas com o seu pai, o Rei Henrique II de Inglaterra, inciando uma série de batalhas, sem qualquer resultado prático a não ser novas tréguas, visto o Ducado da Bretanha não possuir poder suficiente para enfrentar Inglaterra e a Coroa não ter grande interesse em conquista o território definitivamente.

Durante uma ausência a Paris, para eventos sociais, o Duque sofreu uma queda de um cavalo, resultando mais tarde na sua morte prematura, a 19 de Agosto de 1186. Esta situação originou uma crise de sucessão e abrindo caminho à Coroa inglesa para governar o território.

[important]O Ducado da Bretanha foi reconhecido como um território independente e soberano entre 841 e 1532, tendo sido anexado posteriormente à Coroa Francesa. Este território fica situado na região noroeste de França, desempenhando cruciais papéis durante o Império Romano, Idade Média, Revolução Francesa e durante a Segunda Guerra Mundial, devido à sua localização estratégica e recursos naturais e industriais.[/important]

Geoffrey II da Bretanha