Na manhã de 8 de Agosto de 2009, desaparecia um dos humoristas mais estimados de Portugal. Raúl Solnado partiu há dois anos, deixando para trás um grande legado no mundo das artes e do humor.

Nascido a 19 de Outubro de 1929, Raúl Augusto Almeida Solnado juntou-se ao mundo das artes e espectáculos em 1947, na Sociedade de Instrução Guilherme Cossoul, passando a actor profissional em 1952.

Raúl Solnado com Herman José e Nicolau Breyner

Durante as décadas seguintes, Solnado entregaria a sua vida e total dedicação ao teatro portugues e à revista, onde intrepertou diversos papéis. No grande ecrã, Raúl Solnado estreia-se com o filme “As Pupilas do Senhor Reitor”, no decorrer do ano de 1960.

Ao longo da sua carreira, foram vários os sucessos, na televisão, teatro e cinema. Fundou, juntamente com Armando Cortez, a Casa do Artista, onde foi director até à sua morte.

Raúl Solnado