A 27 de Novembro de 2011, Portugal acordou com boas notícias: a UNESCO declarou o Fado como Património Imaterial da Humanidade. Esta decisão foi tomada durante o VI Comité Intergovernamental desta Organização da ONU, em Bali (Indonésia).


A candidatura apresentada pela delegação portuguesa começou em 2010, juntando vários historiadores e fadistas, bem como personalidades da sociedade portuguesa, de forma a imortalizar esta arte portuguesa.

Cumpre-se agora o sonho de vários artistas, como de Amália Rodrigues, Fernando Maurício e Alberto Marceneiro, entre tantos outros. O Fado vive agora para sempre!

Fado – Património Imaterial da Humanidade