Carolina do Mónaco

CarolinaCaroline Louise Marguerite Polignac Grimaldi, princesa do Mónaco, nasceu no dia 23 de Janeiro de 1957 e é a filha mais velha do falecido Rainier III do Mónaco e da falecida princesa e actriz de Hollywood, Grace Kelly. Em Paris, estudou Filosofia e Ciências Políticas. Viveu em pleno o ambiente e as noites parisienses, onde conheceu Philip Junot, com quem casou a 29 de Junho de 1978, com apenas 21 anos, contra a vontade dos pais. O casamento acabou em divórcio, dois anos depois, e seguiram-se romances e aventuras com Roberto Rossellini e Guilhermo Villas.

A 13 de Setembro de 1982, a trágica morte da sua mãe, num acidente de automóvel, fá-la ganhar maturidade. Cerca de um ano depois volta a sorrir, e a 29 de Dezembro de 1983 casa-se com o multi-milionário Stefano Casiraghi, de quem tem 3 filhos. O destino faz com que Stefano morra em 1990, num acidente de barco. Apesar de ter estado escondida, houve quem não deixasse de a perseguir, e, em 1993, falou-se de um caso com Vincent Lindon, que a terá feito esquecer a triste perda, mas cuja relação nunca foi além de boatos e rumores. Corria o ano de 1998 e Caroline apaixonou-se por Ernest de Hannover, tendo posto fim à sua faceta rebelde, comprando uma casa nos arredores do Mónaco, casando com Ernest e tendo Alexandra de Hannover uma menina meiga e ternurenta. Ao se casar com o príncipe Ernest, adicionou Hannover ao seu sobrenome, sendo actualmente conhecida também como Princesa Caroline de Hannover.