Mark Twain

Samuel Langhorne Clemens, nascido na Flórida a 30 de Novembro de 1835 e falecido no Connecticut a 21 de Abril de 1910, mais conhecido pelo pseudónimo Mark Twain, foi um famoso escritor, humorista e romancista norte-americano.

No seu auge, Clemens foi provavelmente a celebridade mais conhecida da sua época. William Faulkner afirmou: “Twain foi o primeiro escritor verdadeiramente americano, e todos nós desde então somos seus herdeiros”. O autor sustentava que o nome Mark Twain vinha da época em que trabalhou em barcos a vapor, pois era o grito que os pilotos fluviais emitiam para marcar a profundidade das embarcações. Além de Mark Twain, Clemens também usou o pseudónimo Sieur Louis de Conte.

Samuel Langhorne Clemens nasceu na Flórida, Missouri, o terceiro dos quatro filhos sobreviventes de John e Jane Clemens. Ainda um bebé, mudou-se com a família para a cidade ribeira de Hannibal, também no Missouri. Foi através da sua experiência neste lugar que Twain teve a inspiração para os seus trabalhos mais conhecidos, especialmente The Adventures of Tom Sawyer, de 1876.

O pai de Clemens morreu em 1847, deixando muitas dívidas. O filho mais velho, Orion, fundou um jornal, e Samuel passou a contribuir como jornaleiro e escritor ocasional. Algumas das histórias mais espirituosas e controversas do jornal de Orion vieram do lápis do seu irmão. Mais tarde, Clemens viajou para Saint Louis e Nova YorK para ganhar a vida como tipógrafo.

Porém o Rio Mississippi chamou por Clemens, tornando-se piloto de barcos a vapor, uma profissão que ele mais tarde afirmaria levar consigo até o fim dos seus dias, recontando as suas experiências no livro Life on the Mississippi. Mas a Guerra Civil e o advento das estradas conduziram a um abrupto fim do tráfego comercial de barcos a vapor em 1861.

Depois de um breve período como membro de uma milícia local, Mark escapou da parte mais dura da guerra ao fugir para Oeste em Julho de 1861, com Orion, que acabara de ser nomeado secretário do governador territorial de Nevada. Os dois viajaram por duas semanas atravessando as planícies numa diligência até a cidade mineira de Virginia City.

No Oeste, as suas experiências formaram-no como escritor e mais tarde seriam a base do seu segundo livro, Roughing It. Durante um tempo, Mark chegou a ser um mineiro no Nevada, querendo enriquecer com a Febre da Prata. Sendo um desastre como mineiro, voltou a trabalhar em jornais com o Territorial Enterprise de Virginia City, onde adoptou o nome Mark Twain pela primeira vez. Em 1864, mudou-se para São Francisco, na Califórnia, para colaborar com diversos jornais.

Em 1865 Twain publicou o seu primeiro sucesso literário. A pedido do comediante Artemus Ward, o escritor enviou um conto de humor para uma colecção que Ward estava a preparar. O texto chegou tarde demais para entrar no livro, mas o editor passou-o para o Saturday Press. A história, intitulada originalmente Jim Smiley and his Jumping Frog foi impressa por todo o país, e considerada por James Russel Lowell, editor do Atlantic Monthly, a melhor peça de literatura humorística já produzida nos Estados Unidos da América.

Na Primavera de 1866, Mark foi indicado pelo jornal Sacramento Union para viajar para as Ilhas Sandwich, hoje Hawaii, e escrever uma série de relatos sobre a sua jornada. Aquando do seu regresso a São Francisco, o sucesso da reportagem e o encorajamento pessoal do Coronel John McComb levaram-no a arriscar-se no seu próprio circuito de leituras, alugando a Academy of Music e cobrando um dólar por pessoa.

A primeira apresentação foi um grande sucesso, e sem tardar Twain passou a viajar por todo o estado, lendo os seus textos em pequenas casas de entretenimento.

Twain passou então as próximas décadas da sua vida a escrever livros, baseados nas suas experiências ao viajar pela América. Ficou conhecido como o pai da literatura norte-americana, por todos os intelectuais da sua época.

Twain morreria em 1910, devido a complicações derivadas de uma frágil saúde graças a muitos anos na estrada e a uma grave gripe. Escreveu em 1909: “Eu cheguei com o Cometa Halley em 1835. Ele vai voltar ano que vem, e eu espero que leve-me consigo”. O cometa pode ser visto nos céus a cada 75-76 anos. Estava visível a 30 de Novembro de 1835, quando Twain nasceu, e também a 21 de Abril de 1910, quando ele morreu. Depois da sua morte, uma das figuras proeminentes a o homenagear foi o presidente dos Estados Unidos na época, William H. Taft.

A casa de Twain em Hartford tornou-se um museu e património histórico, a The Mark Twain House. Mark e outros membros da sua família estão enterrados em Nova York, numa colina arborizada no Cemitério Nacional Woodlawn. A cidade de Hannibal, no Missouri, é outra localidade que apresenta várias atracções ligadas a Mark Twain, incluindo a casa onde morou durante a sua infância e as cavernas que costumava explorar e que aparecem no livro The Adventures of Tom Sawyer.